Follow by Email

segunda-feira, 15 de agosto de 2011

O mais importante é COMO....

Quem não tem dúvida e medo de errar, que atire a primeira pedra e vamos combinar... Certeza que essas duas palavras não vão embora com a chegada da maturidade: MEDO e ERRAR.

As dúvidas e dores do crescimento são grandes em qualquer idade.

Mas esses dias, em uma conversa, me lembrei de uma dúvida que me acompanha há bons tempos já, e eu ainda não achei a resposta:

EXAME ou Pequenas Empresas & Grandes Negócios?

Traduzindo: ser EXECUTIVA ou EMPRESÁRIA?

Quem, da nossa geração, que nunca quis abrir uma empresa que também atire aquela pedra que já comentamos.

O que acho que não pode ser deixado de lado, em nenhum dos dois casos é o empreendedorismo. Ta aí uma das palavras de ordem, na minha opinião, para uma carreira de sucesso.

E sabiam que para ser empreendedor não necessariamente é preciso abrir um negócio?

Um bom profissional exerce seu empreendedorismo mesmo como funcionário e ainda tem uma vantagem, se tudo der errado, o máximo que pode acontecer é uma demissão. Enquanto que para o empresário, o fracasso de uma atitude empreendedora pode ser a falência.

Onde não podemos estar é na zona de conforto.

Quando eu crescer, quero conseguir ter atitudes empreendedoras sempre, seja como empregada ou como empregadora.

O mais importante não é onde, mas como!

2 comentários:

  1. Carol, você já cresceu!

    Acho bacana seu blog por várias razões, mas entre elas existem duas que se destacam: você sempre escreve entre 23h e 00h (hahaha EBM) e os posts de alguma forma se confundem com a minha realidade - e de muitos outros.

    Essa história que o empreendedorismo é possível independente da condição de empregado ou empregador é a maior verdade. As limitações são diversas, para ambos os casos, mas sempre acreditei na força da atitude e inovação.

    E a nossa geração tem uma impaciência gigantesca sobre esse assunto. Largar tudo e correr atrás de algo próprio é foda. Mas também envolve desafio, sedução, poder e tudo aquilo que a gente gosta.

    R: Pequenas empresas e grandes negócios. Pequenas por enquanto, hahaha :)

    ResponderExcluir
  2. Oi Diogo,

    Fico super feliz que você se identifica e contribui com os seus comentários para crescermmos juntos...

    Esse último sobre empreendedorismo você pode falar bem, né?

    Não esquece que ainda está me devendo explicações sobre sua nova empreitada.

    Obrigada pelas palavras ;)

    P.S.: Olha a hora...hehehe

    ResponderExcluir