Follow by Email

sexta-feira, 9 de setembro de 2011

Os muitos primeiros passos

Gente, muito engraçado como a Geração Y é indecisa e ansiosa, né?

Eu, que estou prestes a mudar minha vida radicalmente, me deparei nos últimos 3 dias com pessoas insatisfeitas pelas suas decisões. Não que isso não seja normal, mas acho até engraçado, a seguinte análise:

Agente quer se dar super bem na carreira, e tem que ser rápido, mas não conseguimos passar muito tempo na mesma empresa ou na mesma função que logo dá vontade de buscar novos ares...

Ah se a Geração Y tivesse mais paciência... Aí não seria Y!!

Um amigo hoje me disse que pediu demissão. Trabalha há três anos em uma empresa, já tem um cargo de gerência bom, mas está cansado da rotina.

Um outro amigo, tinha o estágio dos sonhos, largou porque não dava muita grana e porque estava com um projeto de abrir o próprio negócio. De repente, adiou esse plano e está com o currículo no mercado novamente.

Eu, que sempre me dediquei ao trabalho, se tudo der certo, vou passar um ano me dedicando aos estudos e a arte de conhecer novas culturas.

E quer saber? Essa é a grande vantagem da nossa geração, não temos medo de arriscar, de errar, de começar de novo.

Não somos fiéis aos nossos empregadores, mas temos a incrível capacidade de nos apaixonar por algo, e agarrar uma causa com unhas e dentes.

Enfim, quando eu crescer, quero ainda poder mudar de idéia e começar de novo. Tem coisa mais emocionante que o primeiro passo rumo ao desconhecido?

Um comentário:

  1. Tudo que fazemos é com muita paixão mesmo. Os olhos chegam a brilhar quando estipulamos um objetivo e nos prometemos alcançá-lo. E o melhor é quando chega a conquista.

    Quando conquistamos o sucesso uma vez, sabemos que é possível repetir a dose. Talvez essa seja umas das razões da falta de freios nas atitudes.

    ResponderExcluir